Regulamento Nacional de Provas 2021-2022

Foi lançado pela PCAND o novo documento orientador para as provas federadas da modalidade, para a época 2021-2022.

O regulamento fará uma transição progressiva do modelo anterior para o atual, por forma a:

– criar novas oportunidades competitivas e aproximar o desenvolvimento nacional das alterações a nível internacional, garantindo o desenvolvimento do nível de jogo nos vários patamares da sua prática e prova (Campeonatos Nacionais Masculino e Feminino – Campeonato Nacional Absoluto);

– garantir competições mais niveladas entre atletas de desempenho desportivo similar para aumento da competitividade (aumento do número de divisões para melhor nivelamento competitivo entre todos);

– e apostar no desenvolvimento e deteção de novos talentos (Torneios Regionais Novos Talentos e Campeonato Nacional Jovem).

A implementação dos novos quadros competitivos far-se-á em 3 fases:

Fase 1 – Fase de Adaptação:

  • Implementação de alterações pontuais na organização de divisões e quadros competitivos;
  • Estímulo ao desenvolvimento de atletas do género feminino;
  • Ajuste do modelo de pontuação para o ranking.
  • Esta fase decorrerá no período de tempo correspondente à época desportiva de 2021 – 2022.

Fase 2 – Fase de Transição:

  • Implementação da totalidade dos quadros competitivos (aumento do número de provas);
  • Criação de mais oportunidades competitivas para e entre atletas mais novos;
  • Integração mais ajustada dos clubes das ilhas no processo competitivo nacional (Provas oficiais nas ilhas e estímulo à sua participação nas provas nacionais);
  • Criação de momentos competitivos para observação de atletas para participação em provas em representação nacional (Torneio Inter Seleções).
  • Esta fase decorrerá no período de tempo correspondente à época desportiva de 2022 – 2023.

Fase 3 – Fase de Consolidação:

  • Introdução de ajustes pontuais no processo competitivo, tendo em conta a avaliação das fases anteriores e eventuais alterações aos regulamentos internacionais que possam existir.
  • Esta fase decorrerá no período de tempo correspondente à época desportiva de 2023 – 2024, procurando-se a sua continuidade no próximo ciclo paralímpico de 2024 – 2028.

Objetivos estratégicos a perseguir para o presente ciclo 2021-2024:

▪ Colmatar os efeitos da interrupção das competições federadas entre fevereiro da época desportiva de 2019-2020 e a época desportiva de 2021 – 2022;

▪ Responder às profundas alterações introduzidas pela BISFed ao Sistema Competitivo da modalidade;

▪ Aumentar a competitividade entre atletas de performance similar para elevar os padrões de jogo e, deste modo, promover a maior qualidade e o desenvolvimento nos vários patamares da sua prática;

▪ Aumentar o número de oportunidades competitivas para todos e o número de provas a alcançar título, para estímulo mais forte ao aparecimento de novos valores;

▪ Elevar o número de praticantes do género feminino (para mais dos 25% atuais) e criar condições para a competitividade nas suas provas específicas;

▪ Estabelecer dinâmicas regionais, de proximidade geográfica, como base do movimento formativo para os mais jovens, e para envolver os associados na dinâmica de desenvolvimento da modalidade;

▪ Acompanhar o desenvolvimento de novos valores, aumentar o estímulo para os atletas de valor confirmado e manter a competitividade a nível internacional.

Para consultar o novo Regulamento Nacional de Provas de Boccia 2021-2022, clicar AQUI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s