1º Campeonato do Mundo de Boccia de Jovens em Portugal’2023

Portugal será o palco do 2023 World Boccia Youth Championships, o primeiro Campeonato do Mundo de Jovens da BISFed, que terá lugar em 2023, na cidade de Vila do Conde.

Esta prova constitui um marco importante na criação de oportunidades para as novas gerações de jogadores.

Portugal, através da PCAND, tem desenvolvido um esforço, nos últimos anos, para implementar respostas para a prática da modalidade pelos mais jovens (dos 6 aos 21 anos) através dos seus Torneios para Novos Talentos, aos quais se junta, esta época desportiva, o 1º Campeonato Nacional de Jovens (13-21 anos), apurando para esta prova os jovens atletas mais promissores de Portugal, das diferentes divisões.

Nos torneios para atletas jovens têm sido aplicadas adequações ao jogo, fundamentais para o desenvolvimento, para a motivação e para o sucesso das novas gerações de jogadores. Para além da prova de jogo, dividida por escalões etários, aplica-se uma prova de skills, de 3 níveis de dificuldade, para que os jovens consolidem as aquisições fundamentais da modalidade.

É, pois, um reconhecimento por todo o trabalho desenvolvido pela PCAND ao longo de 38 anos, mais concretamente na resposta aos mais jovens (Sub21).

Venham as futuras estrelas mundiais do Boccia!

Atualização dos regulamentos das provas de Boccia 2021-2022

A PCAND divulgou as atualizações aos regulamentos das provas de Boccia para a presente época, os quais apresentamos de seguida:

Documentos (Clicar para aceder)

Regras Nacionais de Boccia da PCAND 2021 – 2022 (Atualização a 29-11-2021)

Regulamento Nacional – Torneio Novos Talentos 2021-2022 V1_Atualizado a 27-12-2021

Manual de Competição 2021_2022 V1

Regulamento Nacional das Provas de Boccia 2021-2022 V1.1 – Atualizado a 25-01-2022

Atletas do SC Braga no Ranking Mundial de Boccia 2022

Foi divulgado o ranking mundial de Boccia neste início do ano de 2022 (atualização de 20 de janeiro).

José Carlos Macedo (BC3) ocupa a 10ª posição (6º melhor jogador europeu), com a sua última participação nos Jogos Paralímpicos de Tóquio. José Abílio Gonçalves (BC3) ocupa a 31ª posição (17º na Europa), depois da sua estreia no Campeonato Europeu que recentemente decorreu em Sevilha (Espanha), onde obteve um excelente 9º lugar e deu claras indicações de poder lutar por lugares mais cimeiros, em provas futuras.

Estas posições constituem um excelente ponto de partida para o ciclo paralímpico de Paris’2024. Foco nas provas que se seguem, especialmente nas primeiras para subir decisivamente no ranking e garantir posições fortes para garantir a passagem das fases de qualificação e discutir os lugares cimeiros das provas decisivas que se sucederão.

Boccia apoia Prova de Aptidão Profissional da Escola Profissional de Braga

No dia 21 de janeiro, no Pavilhão Municipal de Ferreiros, a secção de Boccia colaborou na Prova de Aptidão Profissional (PAP) das alunas Bárbara Guerreiro e Lara, da Escola Profissional de Braga.

Cerca de 30 alunos desta instituição estiveram presentes para assistirem a uma sessão prática que visou o conhecimento e a experimentação da modalidade. Orientada pelo técnico desportivo Paulo Correia, esta sessão constou de uma aprendizagem sobre as regras fundamentais do Boccia, o conhecimento das variadas classes desportivas, a experimentação do jogo e das diferentes formas que os atletas usam para jogar, bem como experimentaram a exigência técnica da modalidade através de provas de skills.

Os alunos estiveram envolvidos nas aprendizagens orientadas pelos atletas Paulo Oliveira, José Gonçalves, Ivo Oliveira e Eunice Raimundo, apoiados pelos técnicos Isabel Oliveira, Paulo Correia e Luís Marta.

No final da sessão prática existiu um momento para abordar outras questões para além da modalidade, procurando-se perceber melhor as limitações impostas pela condição de deficiência, que ainda limita muito do acesso à prática desportiva e às atividades normais da vida diária. No entanto, reconheceu-se que esta, em sí, pode não ser uma real limitação como se verificou pelo exemplo dos atletas presentes, que para além do seu exemplo desportivo, são um exemplo nas suas conquistas académicas e profissionais.

Os parabéns da secção de Boccia às alunas Bárbara Guerreiro e à Lara pelo convite para a aplicação da sua PAP, e a todos os alunos da Escola Profissional de Braga que se deslocaram para assistir a esta ação e apoiar as suas colegas.

Terminamos, endereçando à Barbara e à Lara o convite para poderem integrar o grupo de Boccia. Cá vos aguardaremos.

José Gonçalves, Joaquim Soares e Carlos Fernandes na frente da 1ª Volta do Campeonato SCB de Boccia

Concluiu-se a 1ª volta do VII Campeonato SC Braga de Boccia, realizada nesta fase inicial da época, entre os meses de outubro e dezembro, a qual envolveu todos os praticantes da secção.

Esta prova está organizada em dois grupos competitivos diferenciados, um para os atletas das classes BC1, BC2, BC3, BC4 e BC5, dividida em duas divisões (A e B) em função dos resultados/classificações obtidas na última época, e outro para os atletas seniores da equipa de competição bracarense.

Na divisão A, José Gonçalves levou a dianteira ao vencer todos os jogos disputados. Na segunda posição segue Luís Caravana que, apesar de um mau arranque com 2 derrotas, tem vindo a recuperar o terreno perdido.

Mário Peixoto e Domingos Vieira seguem nas posições imediatamente a seguir, muito próximos na pontuação apesar de Domingos Vieira ter uma vitória a mais que o seu companheiro. Tal deveu-se à pontuação específica da prova que valoriza cada ponto marcado (0,1 pt), cada parcial vencido (0,25 pt) e a vitória no jogo (1 pt).

Joana Pereira segue na 5ª posição, com o mesmo número de vitórias que Mário Peixoto, mas com menores pontuações obtidas em cada jogo realizado. Eunice Raimundo não realizou qualquer jogo neste primeira volta por impossibilidade da sua acompanhante, situação que se pretende poder vir a ser recuperada no início do ano.

Divisão A

Na divisão B, Joaquim Soares segue na frente, acompanhado de muito próximo por Paulo Oliveira. Já nas terceira e quarta posições encontram-se muito próximos, também pontualmente, Ivo Oliveira e Carlos Clemente.

Sendo que cada volta tem um peso crescente em relação à anterior, ainda é possível existirem muitas alterações na classificação, caso os jogadores em posições inferiores possam vencer os que seguem na dianteira.

Divisão B

Esta época abriu a prova aos praticantes seniores, os que representam a equipa de competição do clube.

Carlos Fernandes conclui esta volta inicial com uma pontuação claramente acima da oposição (3,56), sendo seguida na segunda posição por António Barroso (3,24) e Luís Silva na terceira posição (2,99). Na quarta posição segue António Moreira (2,94) na perseguição ao grupo da frente.

Na quinta posição, segue Luís Alves (2,79), seguido de Joaquim Carvalho (2,55), Justino (2,27) e de Francisco Costa (2,12).

Certamente que esta prova sénior trará muitas surpresas, reviravoltas nos resultados e classificações, nas três voltas que ainda faltam disputar, todas com maior valor relativo que esta inicial.

Prova sénior

E a prova segue em 2022!