Guerreiros preparam torneio com a Grã Bretanha, Holanda, Alemanha e Croácia

Os Guerreiros do Minho, Domingos Vieira/José Teixeira, José Abílio Gonçalves/Paulo Correia e José Carlos Macedo/Roberto Mateus participam no 7º estágio da seleção nacional da modalidade de Boccia, que decorre entre 28 de maio e 04 de junho, no Luso.

De 05 a 10 de junho, Joana Pereira/Rita Barbosa juntar-se-ão aos seus companheiros de clube para integrarem o Torneio Internacional de preparação para os Jogos Paralímpicos de Tóquio.

Estes atletas do Sporting Clube de Braga integrarão a seleção nacional lusa que defrontará as seleções da Grã Bretanha, Holanda, Alemanha e Croácia.

Aqui daremos nota da prestação dos nossos arsenalistas como de toda a seleção.

Força Portugal!

Campeonatos continentais para 2021 confirmados pela BISFED

As datas para os próximos Campeonatos Regionais, provas por Continente, estão já confirmados pela Federação Internacional de Boccia (BISFed), os quais vão decorrer em novembro e dezembro do ano corrente.

Sinal de que a retoma desportiva está em curso, não só no plano nacional mas também no que diz respeito ao calendário regular das provas internacionais.

PaísEventoInícioFinal
E.A.U.Asia-Oceania Championships11/13/202111/20/2021
EspanhaEurope Regional Championships11/22/202111/30/2021
BahrainBahrain 2021 Asian Youth Para Games12/1/202112/10/2021
BrasilAmerica Regional Championships12/6/202112/14/2021

Guerreiros em estágio no CAR de Gaia

De 14 a 18 de maio, três atletas do SC Braga, acompanhados pelos seus parceiros de competição e acompanhante, participam no 6º estágio da seleção nacional de Boccia que se realiza no Centro de Alto Rendimento de Vila Nova de Gaia.

Domingos Vieira, José Carlos Macedo e José Abílio Gonçalves, acompanhados por José Teixeira, Roberto Mateus e Paulo Correia, preparam-se em conjunto com os demais elementos da seleção nacional tendo em vista os Jogos Paralímpicos de Tóquio.

Inicia-se um momento muito intenso de preparação com o aproximar da data dos jogos, com a proximidade da definição final dos elementos a participar, com o aumento do volume de estágios preparatórios, com estágios competitivos com seleções internacionais que se deslocarão a Portugal, e com toda a demais preparação diária no clube para atingir a performance desejada.

Aprovados os produtores oficiais das bolas de Boccia até 2024

Estão aprovados os produtores oficiais das bolas de Boccia 2022-2024, revelados pela BISFed (ver aqui: https://www.worldboccia.com/about-boccia/sport-equipment/#ballLicensing):

• Apowatec (Japan)
• BOCCASBALLS, Unipessoal Lda (Portugal)
• Gravity Premium Boccia Gear (Therafin Corporation) (USA)
• Handi Life Sport (Denmark)
• Poly-Sports (Greece)
• Ree Sports (Korea)
• Tutti / Prodigy Frontier (Portugal)
• Victory Sports (Korea)

A BISFed informará os seus membros e toda a comunidade de Boccia, do processo de pré-encomenda das bolas aprovadas, a 10 de maio de 2021.

Este processo obrigará a que a partir do dia 01 de janeiro de 2022, todos os atletas que participem nos Jogos Paralímpicos, Campeonatos do Mundo da BISFed, qualquer evento de qualificação paralímpica, ou BISFed World Cups Series terão de jogar com bolas aprovadas.

Durante um período de transição de um ano,  a começar a 1 de Janeiro de 2022, atletas que compitam em  BISFed Intercontinental Challenger Series ou em qualquer evento sancionado da BISFed dos níveis mais baixos poderão utilizar as bolas não aprovadas já existentes pelo período de um ano (i.e. até ao final de 2022.) Daí em diante, todo o atleta que compita em provas sancionadas pela BISFed terá de jogar com bolas de boccia aprovadas (i.e. de 1de Janeiro de 2023 em diante).

15de Janeiro de 2021 15de Dezembro de 2023 & 2027Conclusão do processo de Aprovação do Licenciamento das Bolas
28 de Fevereiro de 2021 2 de Janeiro de 2024, 2028Lista de produtores aprovados e com licença para o próximo quadriénio no website da BISFed
1 de Julho de 2021, 2024, 2028Os produtores terão de ter as novas bolas prontas para comercialização para que os atletas tenham tempo para as testar – as bolas têm de ser carimbadas pelo produtor com o seu próprio logo e com o logo da BISFed. A BISFed fornecerá a ‘marca’ para carimbar e o custo de estampagem das bolas ficará a cargo do produtor.
2de Janeiro de 2022, 2025, 2029Implementação dos ciclos de Licença das Bolas
2 de Janeiro de 2022 a 31 de Dezembro de 2022A todos os atletas que participem nos Campeoantos do Mundo da BISFed, em Eventos de Qualificação Paralímpica e nas World Cup Series da BISFed será required que joguem como bolas aprovadas.Todas as bolas antigas sem licença, mas regulares para além disso, podem ser usadas em Competições do terceiro nível  (BISFed Intercontinental Challenger Series) e em Competições sancionadas pela BISFed de nível mais baixo.
De 2de Janeiro de 2023 em dianteApenas bolas novas, vendidas a partir de 1 de Julho de 2021, terão de ser usadas em todas as competições da BISFed.

De realçar a polémica lançada pelo processo encontrado para o licenciamento destas bolas oficiais, onde Portugal, e outros membros da BISFed, como uma franja muito alargada de atletas, acompanhantes, treinadores e outros, demonstraram a sua preocupação num conjunto de pontos que entendem poder vir a ter um reflexo negativo, em termos futuros. Essencialmente, a preocupação em que o jogo possa continuar a não ser justo, equilibrado, e eticamente correto, uma vez que tal processo de licenciamento não se orientou para esse fim, mas para a disponibilização do mesmo leque de bolas para todos os competidores, independentemente da garantia da implementação de regras mais apertadas e adequadas à verdade desportiva.

Porque o objetivo de alcançar a verdade desportiva não pode passar pelo uso das mesmas marcas, mas essencialmente por garantir que as bolas não possam ser manipuladas, nem tenham comportamentos em campo que permitam vantagens ilegais, que na grande parte dos casos só são perceptíveis por quem conhece a modalidade profundamente.

No nosso entendimento, deveria, pois, ter sido a oportunidade de dar um passo forte e decidido para a evolução da modalidade. Garantir critérios técnicos que protegessem a dinâmica de jogo que todos desejam, e que o Boccia carece para evoluir em termos desportivos e competitivos, bem como para desenvolver o seu entendimento e compreensão por parte dos espectadores e passar a deter os fatores de espectacularidade que lhe permitam o interesse da comunicação social e dos patrocinadores.

II Campeonato Online de Boccia ao Rubro!

Faltando somente 4 jogos para o final do II Campeonato Online de Boccia – BC3, do Sporting Clube de Braga, três jogadores perfilam-se para disputar o título desta época 2020-2021, numa luta renhida que se prevê até ao último jogo, parcial ou ponto.

Luís Caravana, José Macedo e José Gonçalves encontram-se extremamente próximos em termos de pontuação e classificação, sendo que os jogos a realizar serão, cada um deles, decisivos para o desfecho final da prova.

O “rookie” Luís Caravana que se intrometeu, desde o início da primeira volta pela luta na vitória final, terá de defrontar Eunice Raimundo e Mário Peixoto, tendo que vencer estes dois jogos para se manter na corrida pelo primeiro lugar. Luís Caravana venceu a 1ª volta da prova e tem, atualmente, e com dois jogos por realizar, um total de 22,05 pontos que lhe atribuem o segundo lugar.

José Abílio Gonçalves, apesar de não lhe ter corrido bem a 1ª volta que terminou na quarta posição, tem vindo a recuperar terreno vencendo a 2ª volta e mantendo-se no primeiro lugar da atual 3ª e última volta. Desde o 2º jogo da 2ª volta que não mais perdeu um jogo, o que não aconteceu com os seus adversários diretos. Assim, e neste momento com 2 jogos por realizar, encontra-se na terceira posição com 21,28 pontos, sendo que um dos dois jogos é com o seu adversário direto José Carlos Macedo. Terá, forçosamente, de vencer os dois jogos em falta para disputar a vitória final, e voltar a vencer a prova que venceu na sua primeira edição.

José Carlos Macedo, que só lhe falta a realização de um jogo, aquele que o vai colocar frente-a-frente com José Abílio Gonçalves, ocupa a segunda posição da 3ª volta e a primeira posição da classificação geral com 24,85 pontos (mais um jogo que os seus adv. diretos, Luís Caravana e José Abílio Gonçalves). Se vencer o jogo com José Abílio Gonçalves fica com uma enorme vantagem para vencer a prova, faltando somente confrontar os seus pontos com os obtidos por Luís Caravana.

Caso exista um empate entre José Macedo e José Gonçalves, existe a grande possibilidade de Luís Caravana obter a vitória final, dependendo somente dele essa possibilidade.

Se José Abílio Gonçalves vencer os dois jogos que lhe restam, e de forma expressiva, candidata-se ao título, especialmente se não permitir que José Carlos Macedo vença parciais e se Luís Caravana perder um dos jogos ou vencer ambos pela margem mínima.

Muito, ainda, por acontecer, mantendo-se a expectativa, e o grande interesse pelos jogos finais da prova.

Classificação provisória em 09 de maio de 2021

Na luta pelas últimas três posições, Joana Pereira já se encontra com a sua posição final (6º lugar).

Existe possibilidades de discussão pelo 4º lugar entre Eunice Raimundo e Mário Peixoto. Estes dois jogadores defrontarão Luís Caravana, sendo que qualquer um deles necessita de vencer, e pela margem máxima. Porém, Luís Caravana também necessita de vencer para manter a possibilidade de vencer a prova.

Pontos a obter: 1 ponto por vitória por jogo; 0,25 pontos por vitória por cada parcial; 0,1 pontos por cada ponto marcado.

Quanto à prova tática, a vitória final dificilmente fugirá a José Carlos Macedo.

Nas demais posições há possibilidade de alteração nas posições entre os 4º e 6º lugares, com vantagem para a jogadora Joana Pereira, pois tendo sido avaliada em todos os jogos, encontra uma diferença mínima de menos de 2% para os seus adversários diretos, Eunice Raimundo e Mário Peixoto, que ainda irão sujeitar-se a avaliação dos pares. Pode, inclusive, almejar à terceira posição ocupada, neste momento, por Luís Caravana.

Também, Mário Peixoto e Eunice Raimundo poderão disputar a terceira posição, dependendo da sua prestação nos jogos a realizar perante Luís Caravana.

Sem dúvida que será um final “ao rubro”, ainda com muitas surpresas, certamente, a acontecer, tanto na prova de jogo como na prova tática.

Classificação provisória em 09 de maio de 2021

Equipa Boccia Sénior SC Braga

De volta aos treinos, a equipa de Boccia Sénior SC Braga, 2020-2021, prepara-se para enfrentar a próxima época com muita confiança, naquela que será a sua época de estreia nas competições nacionais da modalidade.

Equipa Boccia Sénior SC Braga – Época 2020-2021:

Francisco Costa; Justino Azevedo; António Moreira; António Barroso; Carlos Fernandes; Luís Silva; Joaquim Carvalho; Luís Alves

Treinador: André Soares

Boccia em movimento

A atividade da secção retoma, gradualmente, os seus treinos presenciais. Após as novas orientações governamentais terem permitido um desconfinamento controlado, o Boccia do SC Braga tem retomado os seus treinos ao longo da semana, e desde o passado dia 01 de maio também ao sábado.

Em movimento…