Guerreiros do Minho – Heróis na Colômbia

Mais uma vez a participação dos atletas do Sporting Clube de Braga, na seleção nacional de Boccia, foi preponderante para o sucesso de Portugal em um evento internacional. Desta feita, em Santiago de Cali (Colômbia), José Carlos Macedo e Domingos Vieira acompanhados, respectivamente, por Roberto Mateus e Paulo Correia, arrecadaram 3 das 4 medalhas da comitiva lusa.

11167784_614656302008725_2987488798620156372_n

Na prova colectiva, Portugal obteve a medalha de prata, em Pares BC3, através do nosso Guerreiro do Minho, José Carlos Macedo, fazendo par com Armando Costa da ARDA Porto. O par português, apurou-se para a fase das eliminatórias em segundo lugar da sua pool, atrás da França. Nos 1/4 de final venceu a Espanha por 4-3 e a Rússia nas 1/2 finais por 3-2. Na final, reencontrou a França, par que já tinha vencido na fase de grupos por 4-1. No entanto, desta feita, o par gaulês foi mais forte que o luso, tendo Portugal perdido por 1-3. Na discussão para os 3º e 4º lugares, a Rússia bateu Singapura (5-1).

11221282_1264287316922150_5179246867770328140_n

Em pares BC4, o par português composto pelo nosso atleta  Domingos Vieira (Sporting Clube de Braga) e por Pedro Clara (Futebol Clube do Porto), preparou-se afincadamente para este Open Mundial de forma a tentar não deixar fugir a qualificação para o Rio’2016. Portugal era 9º do Ranking Mundial, a somente 1 ponto da Tailândia, pelo que necessitava ter um excelente resultado e garantir que a Tailândia não o fizesse. Porém, a Tailândia alcançou a medalha de prata e Portugal quedou-se por um honroso 4º lugar, após perder na discussão da medalha de bronze com a Eslováquia, pelo que a Tailândia é o 8º, e último país, a garantir a qualificação para as próximas paralimpíadas nesta divisão.

Ao nível de equipas, Portugal não conseguiu superar a fase de grupos, tendo ficado em 3º lugar, logo atrás da China e de Hong Kong, num grupo que ainda contava com a Rússia e a Venezuela. De referir que os dois países que se qualificaram no grupo de Portugal acabaram por ser medalhados, Hong Kong com prata e a China com bronze, pelo que se percebeu as grandes dificuldades que Portugal teve na superação da fase de grupos.

Tanto nos Pares BC3 como em Equipas, Portugal consegue o apuramento para o Rio’2016, dados os pontos obtidos nas provas internacionais dos últimos anos, garantindo o 4º lugar do ranking mundial em pares BC3, e o 5º lugar do ranking mundial de equipas.

Chrome Legacy Window 02-11-2015 230910

Em termos individuais José Carlos Macedo (BC3) e Domingos Vieira (BC4) tiveram prestações brilhantes, o primeiro ao conquistar a medalha de ouro e o segundo a de prata. José Carlos Macedo levou de vencida o campeão checo, Kamil Vasicek, na final da prova BC3. Já Domingos Vieira após um percurso brilhante, não conseguiu ultrapassar, na final BC4, o Tailândes Pornchok Larpyen. Para além dos Guerreiros do Minho, Abílio Valente (ARDA Porto) na classe BC2, assegurou a medalha de bronze, pelo que com 4 medalhas conquistadas, Portugal ficou com o primeiro lugar no medalheiro geral da prova, entre 30 países participantes onde 11 foram medalhados.

1º lugar: Portugal – 4 medalhas (1 Ouro; 2 Prata; 1 Bronze)
2º lugar: Hong Kong – 4 medalhas (1 Ouro; 1 Prata; 2 Bronze)
3º lugar: Tailândia – 2 medalhas (1 Ouro; 1 Prata)
4º lugar: Eslováquia – 2 medalhas (1 Ouro; 1 Bronze)
5º lugar: Holanda; China; França – 1 medalha (Ouro)
8º lugar: Noruega; México; Rep. Checa – 1 medalha (Prata)
11º lugar: Rússia – 2 medalhas (Bronze)

521banner_pc_pic

Parte da delegação portuguesa ao Open da Colômbia, seguiu, entretanto, para o Rio de Janeiro (Brasil) como convidados para o Rio Paralympic Test Event, a realizar entre 10 e 15 de novembro, de forma a apoiarem a organização dos próximos Jogos Paralímpicos Rio’2016. Os Guerreiros do Minho terão ainda de participar no Campeonato do Mundo Individual de Boccia (China, 19 a 26 de março em Pequim), para confirmarem o seu apuramento para os Jogos Paralímpicos do Rio’2016, e garantirem as melhores posições possíveis para as pools de apuramento dos jogos. A nível interno, o grupo de competição de Boccia do SC Braga inicia o Campeonato Nacional já a 12 e 13 de dezembro com a prova regional norte de pares e equipas.

Prata para Portugal na Colômbia

12187806_595863877221374_505683287238012739_n

Terminada a prova colectiva no Open Mundial de Boccia de Cali – Colômbia, Portugal obtém a medalha de prata em Pares BC3, através do nosso Guerreiro do Minho José Carlos Macedo fazendo par com Armando Costa da ARDA Porto.

O par português, após ter vencido a Espanha nos 1/4 de final (4-3) e a Rússia nas 1/2 finais (3-2), voltou a encontrar a França na final, par que já tinha vencido na fase de grupos por 4-1. No entanto, desta feita o par gaulês foi mais forte que o luso, tendo Portugal perdido por 1-3. Na discussão para os 3º e 4º lugares, a Rússia bateu Singapura (5-1).

12002152_595860693888359_5692305417552261252_n

Em pares BC4, Portugal não conseguiu a qualificação para os Jogos Paralímpicos do Rio’2016. O par português composto pelo nosso atleta (SC Braga) Domingos Vieira e por Pedro Clara (FC Porto), preparou-se afincadamente para este Open Mundial de forma a tentar não deixar fugir a qualificação. Portugal era 9º do Ranking Mundial a somente 1 ponto da Tailândia, pelo que necessitava ter um excelente resultado e garantir que a Tailândia não o fizesse. Porém, a Tailândia alcançou a medalha de prata e Portugal quedou-se pelo 4º lugar, pelo que a Tailândia é o 8º, e último país, a garantir a qualificação para as próximas paralimpíadas.

Ao nível de equipas, Portugal não conseguiu superar a fase de grupos, tendo ficado em 3º lugar, logo atrás da China e de Hong Kong, num grupo que ainda contava com a Rússia e a Venezuela. De referir que os dois países que se qualificaram no grupo de Portugal acabaram por ser medalhados, Hong Kong com prata e a China com bronze, pelo que se percebeu as grandes dificuldades que Portugal teve na superação da fase de grupos.

Tanto nos Pares BC3 como Equipas, Portugal garante o apuramento para o Rio’2016, dados OS pontos obtidos nas provas internacionais dos últimos anos, o que garante o 4º lugar do ranking mundial em pares bc3, e o 5º lugar do ranking mundial de equipas.

logo

RESULTADOS FINAIS COLECTIVOS

Pares BC3
Ouro: França
Prata: Portugal
Bronze Rússia

4. Singapura
5. Espanha
6. Bélgica
7. Japão
8. Hong Kong
9. Colombia
10. Grã Bretanha
11. Argentina
12. Suécia
13. Australia
14. Tailândia
15. Venezuela

Pares BC4
Ouro: Hong Kong
Prata: Tailândia
Bronze: Eslováquia

4. Portugal
5. Colombia
6. Canada
7. Hungria
8. Russia
9. Coreia
10. Argentina
11. Venezuela

Equipas BC1-BC2
Ouro: Eslováquia
Prata: Hong Kong
Bronze: China

4. Netherlands
5. Russia
6. Portugal
7. Colombia
8. Canada
9. Venezuela
10. Bermuda

RESULTADOS DE TODOS OS JOGOS REALIZADOS

Resultados Pares BC3

Resultados Pares BC4

Resultados equipas