Portugal de Bronze na China

PORTUGAL ARRECADA A PRIMEIRA MEDALHA NA CHINA

Portugal x Coreia

Após terem discutido o parcial de desempate com a Coreia a 4-4, Portugal venceu a Grécia por 5-1 para a discussão da medalha de bronze, num jogo de disputa pelo último lugar do pódio onde Portugal foi claramente mais forte que os campeões paralímpicos em título.

Este é um grande resultado que confirma a potência que Portugal representa na divisão de Pares BC3. Lembramos que, nesta divisão, Portugal foi vice-campeão do mundo em 2010, medalha de prata nos Jogos Paralímpicos’ 2012 e campeão da europa em 2013.

Parabéns José Carlos Macedo, Armando Costa, Luís Silva, e aos praticantes não competitivos Roberto, Vânia e Ricardo, bem como a toda a equipa técnica.

A Coreia revalidou o título de campeã mundial e a Grã Bretanha sucede a Portugal como vice campeã.

Os resultados finais das provas colectivas são os seguintes, com a Europa a somar 3 medalhas, a Ásia 4 medalhas e a América 2:

BC1/BC2 Equipa

  • Ouro – Tailândia
  • Prata – Brasil
  • Bronze – Grã Bretanha

BC3 Pares

  • Ouro – Coreia do Sul
  • Prata – Grã Bretanha
  • Bronze – Portugal

BC4 Pares

  • Ouro – Hong Kong
  • Prata – Brasil
  • Bronze – China

Portugal luta por medalha nos Mundiais de Pequim

Portugal vence Brasil e encontra a Coreia na 1/2 final

Resultado

Foi um jogo sofrido aquele que opôs Portugal ao Brasil. Portugal encontrava-se a perder por 1 – 4 quando foi para o último parcial. Jogando curto, no canto, Portugal vencia por 1 ponto quando, após o Brasil ter tentado aproximar/defender e esgotou as suas bolas, atacou a bola alvo e conseguiu colocá-la fora do campo. Assim, pontuou mais 3 pontos na cruz o que lhe permitiu a vitória no parcial por 4 – 0 e no jogo por 5 – 4.

Desta feita, Portugal ultrapassou os 1/4 de final frente a um Brasil muito forte e vai lutar por uma medalha, a primeira, já na 1/2 final contra a Coreia do Sul. Na outra 1/2 final teremos Grécia contra a Grã Bretanha.

Em pares BC4 o Brasil vai defrontar a Grã Bretanha numa 1/2 final e na outra a China defronta Hong Kong. Já em equipas a Tailândia defronta a Eslováquia e a Grã Bretanha o Brasil.

Parabéns, José Carlos Macedo, Luís Silva e Armando Costa pelo brilhantismo desta vitória.

Finais Pares BC3

Pares BC3

Finais Pares BC4

Pares BC4

Finais Equipas

Equipas