Domingos Vieira homenageado pelo Rotary

Domingos Vieira homenageado pelo Rotary

Domingos - rotários2

O atleta paralímpico Domingos Vieira foi a figura homenageada pelo Rotary Club da Póvoa de Lanhoso, no decurso da homenagem ao profissional promovida por aquele clube rotário.

De entre as várias conquistas desportivas de Domingos Vieira destacam-se o título de campeão regional norte (de 2011 a 2014), troféus Minhoto em 2013, 8.º lugar nos Jogos Paralímpicos em Londres, campeão nacional (de 2010 a 2012), medalha de Bronze na Taça do Mundo, em Belfast e 1.º lugar no Torneio Internacional, na Tunísia.

Praticante de boccia, Domingos Vieira é voluntário nos Bombeiros Voluntários da Póvoa de Lanhoso. Para além do boccia, os tempos livres são ocupados pela natação e o convívio com os amigos.

Domingos - rotários

Jorge Magalhães, presidente do Rotary Club da Póvoa de Lanhoso, agradeceu a Domingos Vieira por dar o exemplo e a lição de vida.

O homenageado, Domingos Vieira, agradeceu a presença de todos, não esquecendo a secção de Desporto Adaptado do Sporting de Braga, os Bombeiros Voluntários da Póvoa de Lanhoso e a Câmara Municipal. “Sem essas pessoas eu não teria crescido. Espero continuar a crescer e a trazer bons resultados para a Póvoa de Lanhoso”, revelou Domingos Vieira.

António Lourenço, comandante dos Bombeiros Voluntários da Póvoa de Lanhoso e elemento do clube rotário povoense, mostrou-se satisfeito com a escolha de Domingos Vieira. “Representa, sobretudo, um lutador, um homem que enfrenta a vida e um homem que consegue ultrapassar todos os obstáculos que lhe vão aparecendo pela frente. Isso, provavelmente, é muito mais que o sucesso que muitos povoenses possam ter ao longo da vida”, salientou António Lourenço, destacando ainda que o homenageado é um excelente colaborador.

“Pela pessoa que é, pela empatia que cria com todos, pelo bom ambiente que cria, pela amizade que conquistou de todos os bombeiros, é um elemento que transforma o dia-a-dia, dos voluntários e dos profissionais dos bombeiros, para melhor”, disse ainda António Lourenço.

Da parte de Luís Matos Silva, presidente da ATPL, e de Armando Fernandes, vereador da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Domingos Silva recebeu os mais rasgados elogios.

SC Braga conquista 3 títulos de Campeão Nacional de Boccia

JOSÉ CARLOS MACEDO

TETRA CAMPEÃO NACIONAL

DOMINGOS VIEIRA

BI-CAMPEÃO NACIONAL

MÁRIO PEIXOTO

JOSÉ GONÇALVES

VICE-CAMPEÕES NACIONAIS DE PARES

imagem de conteúdo

O Sporting Clube de Braga esteve presente na fase final do campeonato nacional de Boccia, com os seus 5 atletas que conseguiram o apuramento para esta prova: Domingos Vieira – BC4; Alexandrina Oliveira – BC1; José Gonçalves (Individual e Pares); Mário Peixoto (Pares) e José Carlos Macedo – BC3. A fase final do campeonato nacional realizou-se na cidade do Seixal, no Pavilhão Municipal Torre da Marinha, nos dias 28 e 29 de Abril.

Mais uma vez, os atletas de Boccia do clube demonstraram o seu alto potencial conquistando 3 títulos,  Campeões Nacionais das Classes BC3 e BC4, por José Carlos Macedo e Domingos Vieira respetivamente, e Vice-Campeões Nacionais em Pares, por Mário Peixoto e José Gonçalves.

José Carlos Macedo venceu na final Armando Costa da ARDA e Domingos Vieira a sua companheira do par da seleção nacional, Susana Barroso da APCL. Estes 2 atletas internacionais demonstraram, mais uma vez, a excelente forma em que se encontram, nesta prova em que só tiveram acesso os melhores da época das zonas norte, centro, sul e ilhas. José Carlos Macedo obtem o título de tetra-campeão nacional de Boccia da classe BC3 e Domingos Vieira o título de Bi-Campeão Nacional de Boccia da classe BC4.

Em relação aos demais atletas do clube que participaram individualmente, Alexandrina Oliveira não conseguiu superar o seu grupo de apuramento, naquela que foi a sua primeira participação na classe BC1. José Gonçalves ficou-se pelo 4º lugar após ter sido derrotado por Luís Silva da ABLS na atribuição da medalha de bronze.

Em pares, o SC Braga, por Mário Peixoto e José Gonçalves, não conseguiu superar a ARDA na final, ficando pois em 2º lugar,  não conseguindo revalidar o título máximo conquistado na época passada, mas mesmo assim obtendo o título de vice-campeão nacional de pares.

Fotos CN Boccia – Fase Final – Seixal’2012

Para além desta prova, a APCAS (Associação de Paralisia Cerebral do Seixal) e em cooperação com o Desporto Escolar, autarquia do Seixal e a DRELVT (Direção Regional de Educação do Vale do Tejo),  organizou o Torneio “Todos por Um…” e uma competição de Boccia do Desporto Escolar com as escolas da Área Metropolitana de Lisboa, naquela que foi uma excelente ação de promoção e de inclusão através da modalidade, colocando atletas de desporto escolar em competição paralela com os seus ídolos do Boccia.

De realçar que a APCAS desenvolve um projeto meritório, infelizmente ainda inexistente em Braga, que é a escola de Boccia, a qual, pretende dar a oportunidade de formação desportiva aos utentes da instituição. É este exemplo, e ainda o exemplo dado pela autarquia de Oliveira de Azeméis com a criação do seu Centro de Treino Municipal de Boccia, que a secção de desporto adaptado do Sporting Clube de Braga gostaria de replicar, pelo que apela ao apoio de todos para o desenvolvimento futuro da modalidade na região, fazendo com que os seus campeões sejam os modelos de excelência para os novos praticantes.

José Macedo e Domingos Vieira nos Jogos Paralímpicos Londres’2012

JOSÉ CARLOS MACEDO E DOMINGOS VIEIRA CONVOCADOS PARA OS JOGOS PARALÍMPICOS LONDRES’2012

Boccia

http://www.london2012.com/boccia

José Carlos Macedo e Domingos Vieira foram chamados à seleção nacional de Boccia para representarem Portugal nos próximos Jogos Paralímpicos de Londres’2012.

José Carlos Macedo participa pela 4ª vez nos Jogos Paralímpicos (Atlanta’96; Sidney’00; Atenas’o4) tendo obtido 3 medalhas de ouro para Portugal.

Domingos Vieira participa pela 1ª vez nesta prova-rainha do panorama desportivo mundial.

O Sporting Clube de Braga encontrar-se-à presente nos Jogos Paralímpicos com estes dois nossos atletas, o que representa um orgulho para todos os bracarenses, para todo o Minho e Portugal.