Nuno Alpiarça. Um enorme legado para o desporto nacional.

Faleceu Nuno Alpiarça. Uma enorme perda para o Desporto Nacional.

A secção de Boccia do Sporting Clube de Braga manifesta à família as suas profundas condolências e associa-se à mágoa do desporto nacional pela perda de um enorme valor, mas que deixou entre nós um extraordinário legado para o futuro, um exemplo a seguir.

Juntamos comunicado do Comité Paralímpico de Portugal:

“É com enorme pesar que o Comité Paralímpico de Portugal comunica o falecimento do atleta-guia e treinador Nuno Alpiarça (1966 – 2020).
Professor de Educação Física e figura incontornável do Atletismo Paralímpico em Portugal com uma experiência de 25 anos enquanto atleta-guia e treinador, Nuno Alpiarça faleceu hoje, em Lisboa, vítima de doença súbita, no decorrer de um treino com o atleta paralímpico Luís Gonçalves.
Nascido no dia 24 de setembro de 1966, Nuno Alpiarça foi atleta-guia e treinador de vários atletas, tendo contribuído de forma ativa para a conquista de três medalhas paralímpicas como atleta-guia de Carlos Lopes, em Atlanta 1996 e Sidney 2000 (x2), e duas medalhas enquanto treinador do velocista Luís Gonçalves, em Pequim 2008 e Rio 2016.
O Presidente do Comité Paralímpico de Portugal lamenta “profundamente a perda do amigo” e destaca as características de “bom conversador, excelente profissional e um homem que privilegiava o consenso”. José Manuel Lourenço enaltece ainda o “trabalho, dedicação e amizade para com o Movimento Paralímpico” e afirma que “perdeu-se, hoje, uma figura incontornável do desporto nacional”.
O Comité Paralímpico de Portugal endereça as mais sentidas condolências à família e amigos de Nuno Alpiarça e apresenta o eterno agradecimento pelo notável trabalho em prol do desenvolvimento do desporto Paralímpico e da sua afirmação a nível internacional.”

Entrevista a Nuno Alpiarça enquanto Prof. de Ed. Física – Desporto Escolar – Atletismo

Vídeo entrevista a Carlos Lopes com momentos de treino e conquistas com Nuno Alpiarça